Agendamentos2020-06-22T23:06:15+00:00

Agende uma consulta

Na WeSmile tornámos fácil poder cuidar da sua saúde oral

Perguntas Frequentes

Respostas a algumas das questões mais comuns antes das visitas às nossas clínicas.

Necessito de anestesia para fazer um tratamento de estética dentária?2020-05-26T22:48:33+00:00

Os branqueamentos, a colocação de facetas em compósito e a ortodontia dispensam anestesia.

Quais são os sintomas da doença periodontal (gengivas)?2020-05-26T22:50:00+00:00

Os sintomas da doença periodontal são:

  • Gengivas avermelhadas e moles
  • Sangramento das gengivas ao escovar os dentes ou de forma espontânea
  • Recessão das gengivas (raízes dos dentes visiveis)
  • Mobilidade dos dentes
  • Abcessos em redor dos dentes
  • Mau hálito
  • Deslocação dos dentes
  • Surgimento de espaços escuros entre os dentes, por vezes acompanhados com retenção de alimentos
  • Alterações da mordida (maloclusão)
Quais são os tratamentos dentários mais comuns?2020-05-26T22:51:58+00:00

Os tratamentos mais comuns de estética dentária são realizados no sector anterior da boca. Os mais frequentes são:

  • Branqueamentos.
  • Facetas em compósito e de porcelana.
  • Ortodontia para melhorar o posicionamento.
  • Correção da gengiva, tanto para cobrir raízes, como para reduzir o seu volume.

Todos estes tratamentos dependem das necessidades estéticas do paciente.

Com que regularidade consultar o médico dentista?2020-05-26T22:55:34+00:00

É preciso mudar de atitude e ir ao médico dentista duas vezes por ano, fazer o controlo e eliminar a placa bacteriana que se acumula entre os dentes, mesmo na ausência de problemas ou dor.

Seguir as medidas preventivas, tais como higiene diária e visitas ao dentista para uma higienização profissional, pode evitar muitos problemas no futuro.

Posso receber anestesia, se tiver problemas cardiovasculares?2020-05-26T22:35:13+00:00

As pessoas com doenças de coração podem receber tratamento dentário que inclua o uso de anestesia local, sem problema. A administração da anestesia infiltrativa na submucosa deve ser feita cuidadosamente, de forma lenta e evitando a entrada nos vasos sanguíneos.

Em pacientes de alto risco é aconselhável a vigilância de um anestesista que faça a monitorização e que possa, inclusivamente, realizar uma sedação endovenosa para eliminar a ansiedade e proporcionar ao paciente uma sensação de tranquilidade e conforto.

O paciente deve comunicar ao médico qualquer anomalia ou doença, assim como o facto de estar a tomar medicação.

Hoje em dia, dispomos de analgésicos especiais para este tipo de patologias, pelo que o tratamento destes pacientes é feito de forma segura e controlada.

Quando se devem extrair os dentes do siso?2020-05-26T22:42:30+00:00

No caso dos dentes do siso podem colocar-se vários cenários:

  • Têm espaço suficiente para sair e funcionar com normalidade.
  • O espaço é insuficiente, pelo que só podem sair parcialmente. Neste caso, a superfície está coberta por gengiva, na qual se forma um bolsa onde se acumulam restos de comida e, portanto, sujeita a infeções, dado que não é possível limpar bem a zona.
  • O espaço é insuficiente e o dente nem sequer chega a sair. Nestes casos, os dentes do siso empurram os dentes vizinhos, causando cáries e malposição dentária.
Posso submeter-me a uma cirurgia oral se estiver grávida?2020-05-26T22:44:12+00:00

É altamente recomendável que, quando uma mulher planeie engravidar, faça um check-up às diversas áreas que possam causar-lhe problemas. Durante a gravidez, os tratamentos podem complicar-se.

Se alguma vez sentiu dor, devido a infeção num dente do siso, recomenda-se uma visita ao médico dentista, para avaliar a situação antes de engravidar.

Não obstante, os tratamentos em mulheres grávidas são possíveis. O período entre o terceiro e o sexto mês de gravidez é o melhor momento para levar a cabo tratamentos que sejam imprescindíveis.

É sabido que, devido às grandes alterações hormonais a que está sujeita uma mulher grávida, os controlos periódicos devem aumentar nesta fase. Sobretudo depois do parto, deve sublinhar-se a importância de cuidar da boca, uma vez que durante este período podem surgir quadros de depressão ou stress.

No caso das crianças, devem fazer-se controlos dentários a partir de que idade?2020-05-26T22:46:56+00:00

As crianças devem aprender a escovar os dentes corretamente a partir dos 3 anos de idade e são necessários controlos, ainda que se tratem de dentes de leite.

É importante que a criança adquira o hábito de lavar os dentes. Nestas idades é complicado manter a disciplina, pois muitas vezes não fazem grande caso do que dizem os pais. Utilizar jogos ou pequenas histórias podem tornar esta rotina mais entusiasmante.

Se adquirirem o hábito de escovar os dentes nestas idades, é muito difícil que o abandonem de futuro. Gozarão, assim, de uma boa saúde bucodental.

As visitas das crianças à clinica médica dentária serão mais frequentes devido ao estilo de vida que têm. Além do mais, os dentes de leite são mais frágeis que os definitivos, pelo que as cáries se desenvolvem mais facilmente.

  • Avenida da República Edifício Milénio loja 4-A 8700-308 Olhão
  • 289 714 333
  • 963 516 718
  • Praça Alexandre Herculano Edifício Alagoa nº22 4ºD 8000-160 Faro
  • 289 822 068
  • 934 936 176
  • Avenida Dr Eduardo Mansinho N 25 loja B 8800 301 Tavira
  • 281323832
  • 926939642